quarta-feira, 18 de maio de 2011

Uma alegria....

POOOOORTO!

O que vi do jogo valeu pelo golo... mas mais importante foi o resultado!

Uma situação complicada

A habituação à ileostomia não tem sido fácil, principalmente pelas infiltrações dos ácidos das fezes (extremamente corrosivas!) que descolam todos os sacos que tenho utilizado. Para além disso a pele em volta da ostomia está completamente macerada, só de tocar para limpar são dores horríveis....

Todos os dias, às vezes mais do que uma vez, tenho de trocar de saco... assim não há milagres, a pele recente-se bastante.

Para tentar travar as fugas comprei um "superfiller" para ver se resultava, pela primeira experiência ou estou a fazer alguma coisa de errado ou então nem essa cola resiste ao meu ácido.

Já agora um dos laboratórios enviou-me uma amostra grátis de um spray para remover a cola... já tive de usar e é fantástico... pelo menos a tirar as placas já não há tormento... falta tratar das fugas e da pele macerada.

O fantasma continua a pairar

Hoje tive nova consulta com o Dr. L, a primeira coisa que disse é que parecia mais gordo... neste momento não é uma crítica mas sim um elogio.

Depois da conversa habitual de como se sentia e como tinha passado estes dias (no qual disse que não tinha voltado a ter febre!), fez-me uma apalpação à barriga.

Segundo ele, era impossível saber se todas as bactérias tinham morrido, e que o normal como qualquer abcesso é drenar-se o líquido e proceder-se a uma limpeza... no meu caso era mais complicado. Apesar de, segundo, ele se a febre voltar temos de fazer esse procedimento.... é bom que não volte, não quero ser cortado outra vez!

Retirou-me a Metoclopramida.... estou numa fase em que tudo o que me tire da minha zona de conforto me causa algum receio.... hoje ainda tomo, amanhã já não!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Caminhada difícil de caminhar

Finalmente já terminaram os 5 dias... foi duro para mim e para quem me acompanhou. A injecção dos antibióticos demora cerca de 1h30 o que fazia com que chegasse a casa, no turno da noite, por volta das 2h00 da manhã. E levantar por volta das 6h00 para ir para o turno da manhã... foi duro!

Durante este tempo conheci mais uns quantos enfermeiros e enfermeiras, cada vez mais admiro estas pessoas. Não tem uma vida fácil e nem sempre são devidamente reconhecidos pelo seu trabalho.

O que interessa no meio de isto tudo é que não voltei a ter febre.... esperemos que assim continue!

Hoje vou tentar repor o sono...

terça-feira, 10 de maio de 2011

Vou para casa....

Tive alta.... vou para casa!!!
No entanto tenho de ir ao hospital 3 vezes por dia (de 8 horas em 8 horas) para tomar os antibióticos durante 5 dias. Vai ser duro mas tenho de pensar que é para meu bem e que as alternativas não eram melhores.

Ao menos estou no conforto do lar... por alguns momentos!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Boas notícias...

A última vez que tive febre foi na sexta.... é sinal que os medicamentos estão a fazer efeito.

As análises ao sangue indicam que os valores dos marcadores inflamatórios estão a diminuir.

Estou finalmente a ganhar peso....

Boas notícias!!!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mais febre...

Hoje voltei a ter febre, foi mais para a noite.... também levei logo com um paracetamol pela veia. Mas a infecção continua.... a febre é a reacção do corpo.

Disseram-me para não desanimar que era normal que as toneladas de antibióticos ainda não tivessem começado a fazer efeito... vamos esperar!

Não mereço voltar a ser operado outra vez.... os antibióticos têm de resultar!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O internamento

Fui colocado num quarto duplo, não descansei enquanto não passei para um quarto individual (ter estado tanto tempo aqui enfiado tem de ter alguns privilégios!!). Desta forma posso ter companhia durante a noite, pode parecer que não mas é uma grande ajuda.

Obviamente tive de contar aos meus amigos e família o que estava a acontecer... Os amigos sempre solidários e prontos a ajudar e família sempre a arranjar confusão com ataques de histerismo... Só coisas que me fazem bem!

De resto nada de novo... Comida má e antibiótico com fartura...

Durante a noite voltei a ter febre.... Raios!!!

A Consulta

Mais tarde, fui novamente à consulta com o Dr. L. Foi tudo muito rápido, esteve a mostrar-me o TAC enquanto falava com o médico que o tinha feito. O resultado era uma bolsa de líquido infeccioso com cerca de 3cm que estava alojado num sítio não acessível sem ser de forma cirúrgica. Para tentar evitar ter de ir novamente à faca, a melhor opção é levar umas doses valentes de antibiótico na veia e esperar que passe. Para isso tenho de ficar novamente internado!!!!

O TAC

Levantei-me às 6h da manhã para ir fazer o TAC... Beber aquele mistela não é principalmente fácil e ainda não tinha terminado comecei a sentir um frio infernal.

Depois do TAC feito, o médico disse-me que tinha um abcesso, mas não adiantou muito mais. Depois fui para casa mas sempre cheio de frio... quando cheguei enfiei-me na cama tapado com cobertores e acabei por adormecer.

Quando acordei medi a temperatura e estava novamente com febre, mas pensei que era de estar tão tapado.

Fui almoçar e depois voltei a medir.... Exactamente a mesma coisa... A maldita da febre estava de volta... 38,7!!!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Mais complicações!!!

O dia estava a correr bem demais, dormi bem, comi um belo pequeno almoço, fui fazer uma caminhada (curta apenas 0,5km). Até que voltei a ter febre.... Depois do Dr. L ter pedido para ligar caso a febre voltasse lá teve de ser.
Tive de ir ao hospital para uma consulta de urgência onde me foi feito um exame à bolsa íleonal para ver como estava. A boa notícia é que a discência já estava quase fechada. Depois drenou algum líquido que ainda por lá estava e mandou-me fazer análises (que fiz de imediato!) e um TAC para amanhã de manhã. Pelo que me foi dito, no pior cenário, vou ter de ficar com dreno por uns tempos para drenar algum líquido infamatório que possa ter ficado do lado de fora da bolsa ileonal.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Final de noite atribulado

Ontem ao final do dia tinha de mudar o saco (como se deve fazer de 2 em 2 dias nos sacos de 1 peça). Tal como fomos aconselhados por enfermeiros especializados (e temos feito!), usamos clara de ovo para proteger a pele e ajudar a colar. O procedimento é simples espalhar uma boa quantidade de clara de ovo (fresco!) e secar com um secador no frio. Depois é só colar o saco...

Acontece que ontem, não sei se era da qualidade do ovo ou da quantidade colocada, mas a clara não estava a secar pelo que os sacos não agarravam... resultado foram 2 sacos para o lixo e o terceiro colou com recurso ao Cavilon (proteína sintética). Como ainda não consigo ser eu a colocar os sacos, acabei por estar 1h30 ao frio.... resultado hoje estou com febre.

Para ajudar isto tudo a minha respectiva, a conselho da dietista, fez um bolo de iogurte (pouco açúcar e sem gordura) acontece que depois da saga dos sacos acabei por ir tomar a medicação e comer uma fatia... grande erro. Tive cólicas durante a noite e não dormi nada de jeito.