quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Início da história

Durante 2010 tive várias gastroentrites, aparentemente eram devido à alimentação. Férias no estrangeiro na primeira, comida estragada na segunda e na terceira chamuças de má qualidade no restaurante. Tudo servia de desculpa para ocultar o que realmente se estava a passar.

Na primeira e na terceira gastroentrites ainda fui a um hospital privado de Lisboa onde me detectaram isso mesmo... gastroentrite. Na primeira ainda lá passei a noite a levar soro e antibióticos e foi passando. Na segunda das duas vezes que fui ao mesmo hospital tive dois diagnósticos diferentes (e fui duas vezes porque a primeira os sintomas se mantiveram e estava a piorar de dia para dia). Na primeira vez foi diagnosticada uma gastroentrite normal e na segunda (com o agravamento dos sintomas) uma gastroentrite bacteriana. O que aconteceu é que depois de tantos medicamentos pouco ou nada mudou e assim fui ficando a perder peso. Até que me deixei de urgência de hospitais e fui a um médico especialista.

Esse médico depois da devida apresentação do caso resolveu prescrever-me uma bateria de exames, que passo a enunciar:

- Endoscopia alta
- Colonoscopia
- Análises ao sangue
- Ecografia abdominal
- RX torax